Logo Site

Vereador dinâmico e inovador que prioriza trabalho transparente, com mediação e sustentabilidade. O mandato é embasado em argumentos e pareceres técnicos. Visa atender demandas coletivas da cidade de Campo Grande - MS.

CONHEÇA MAIS

TRAJETÓRIA

O professor mestre em Comunicação, jornalista, ator e ambientalista Eduardo Romero (Rede Sustentabilidade) tem 37 anos, nasceu na região de Lagoa Bonita, Fátima do Sul - MS. Atualmente é Vereador por Campo Grande, é presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Campo Grande, coordenador nacional da Frente Parlamentar de Vereadores Ambientalistas e integrante da RAPS - Rede de Ação Política pela Sustentabilidade.

 

História

 

Foi adotado por Izaura (in memoriam) e Valério (in memorian), que o criaram na cidade de Campo Grande. Tem seis irmãs e um irmão. Vive há 27 anos na região do bairro Universitário, região Sul de Campo Grande. Atualmente é acadêmico de Direito na Uniderp.

 

Estudou da pré-escola ao ensino médio na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues (B. Universitário), onde atuou em movimento estudantil e artístico. Foi integrante do Grêmio Estudantil, Colegiado Escolar, Associação de Pais e Mestres (APM), Grupo Estudantil de Teatro (GET) e Clube de Ciências Manipulando o Conhecimento (CCMC).

 

Na Paróquia Santa Rita de Cássia, foi integrante do Grupo de Jovens JAM (Juventude de Ação Mariana) e equipe de Liturgia.

 

No teatro, foi um dos fundadores do Grupo Teatral Caras de Pau em 1995, que já prestou serviços de teatro educativo e empresarial em diversas organizações públicas e privadas. A experiência em Arte-Educação foi destaque em Moçambique no ano de 2005, a convite do Ministério da Saúde brasileiro.

 

A vivência em pesquisas e feiras científicas transformou o trabalho do Clube de Ciências na Associação Bálsamo, onde Eduardo Romero se empenhou na luta de proteger o córrego Bálsamo. Luta essa que, ano de 2001, ganhou notoriedade na imprensa quando os trens da Novoeste descarrilaram derramando óleo diesel na região da nascente do córrego. Foi destaque em rede nacional de TV pelo trabalho de mobilização e articulação popular na recuperação do Córrego

 

Realizou diversas campanhas de doação de sangue junto ao Hemosul, no bairro Universitário, integrou o Fórum de Meio Ambiente de MS, Fórum Municipal de Meio Ambiente e o Conselho da ONG Ecoa Ecologia e Ação.

 

Eduardo se formou em Jornalismo na Uniderp em 2005, é pós-graduado em Didática e Metodologia do Ensino Superior pelo Centro Educacional Anhanguera (2012) e Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Atualmente é acadêmico de Direito na Uniderp.

 

Um marco de vida foi o projeto GiroBrasil, onde ele percorreu de moto 22 estados brasileiros, passando por três países da fronteira, de 2006 à 2007. Foi a realização de um sonho. Realizou entrevistas e trabalhos voluntários por onde passou. Conheceu de perto a realidade brasileira, vivendo e sentindo na pele cada canto desse país. Em 2015 lançou o livro "Giro Brasil Duas Rodas" relatando a experiência.

 

Política 

 

Foi presidente da Associação de Moradores do bairro Universitário em 2001. Em 2008, Eduardo Romero tornou-se suplente de vereador do Partido Verde (PV). Os 3.206 votos foram reconhecidos por diversas lideranças políticas como uma grande vitória, marcando o surgimento de um nome forte no cenário eleitoral de Campo Grande.

 

Em 2012 foi eleito vereador pelo PT do B. Em 2015 filiou-se à Rede Sustentabilidade e foi reeleito vereador em 2016.

 

Na Câmara Municipal de Campo Grande foi presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente e vice-presidente da Comissão de Cultura. Atualmente assume a presidência da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento e a vice-presidência da Comissão Permanente de Meio Ambiente.

 

Seu mandato se destaca por debater temas ligados ao Meio Ambiente, Cultura, Educação e Mobilidade Urbana.