16
Logo Site

Vereador dinâmico e inovador que prioriza trabalho transparente, com mediação e sustentabilidade. O mandato é embasado em argumentos e pareceres técnicos. Visa atender demandas coletivas da cidade de Campo Grande - MS.

CONHEÇA MAIS

ARTIGOS

Política: o espaço de todos



POLÍTICA: O ESPAÇO DE TODOS

 

*Eduardo Romero

 

De uma forma geral a palavra política nos causa certa repulsa, estranhamento e mil pensamentos negativos. Parece que a política é única e exclusiva dos políticos e esses são, em sua essência, gente do mal. E se ouvimos falar, então, em eleições aí aumentam as desconfianças, as piadas e a revolta. Ao longo do tempo, por estratégias ocultas e por razões reais, conseguiram distanciar a vida em sociedade daquilo que é mais humano: a política. Não há como vivermos juntos sem ela. Não há como respirar, pensar, crescer e até morrer sem exercermos atos políticos essenciais. Não restrinjo a origem grega do termo, que indica todos os procedimentos relativos a pólis. Amplio a ideia para o fazer, o viver e todas as garantias da coletividade e da própria vida.

 

A ideia de democracia representativa, caso do Brasil, nos exige compreensão e envolvimento com as decisões políticas. Nos dá a possibilidade de em pleitos eleitorais delegarmos, por escolha do voto, autorização a aqueles e/ou aquelas que irão nos representar, portar nossas vozes, levantar nossas bandeiras e serem, por períodos determinados da duração do mandato, os nossos escolhidos. Não basta votar e esquecer, precisamos acompanhar, participar e, hoje, há vários canais e possibilidades para isso, separar os fatos reais das fake News, não se guiar por boatos ou desinformação, e, sim, estar presentes, buscar o diálogo, olhar os feitos, os projetos, as ações, e sempre que possível ter o olho no olho.

 

Este ano 5.570 municípios brasileiros terão a oportunidade de escolher seus representantes para o Executivo e Legislativo Municipal. Serão homens e mulheres disputando as vagas para serem os nossos porta-vozes. Vereadores e vereadoras serão eleitos ou reeleitos para um mandato de quatro anos onde as principais funções são: propor, debater e votar leis de interesse municipal, fiscalizar as ações do executivo, mediar as demandas da sociedade com o poder público e, acima de tudo, manter canais de diálogos com as pessoas. Teremos a oportunidade de exercer a democracia e de ocupar espaços buscando soluções coletivas. O voto não pode ser encarado como uma obrigação, e sim como a grande oportunidade de aos poucos irmos retomando o verdadeiro sentido da política, da vida em coletivo, do fazer juntos.

 

Em Campo Grande – MS serão escolhidos os 29 homens e mulheres que por quatro anos estarão na Câmara Municipal desempenhando seus papeis, representando nossa população. Não há mágica, há votos, e cada voto faz a diferença. Como cada eleitor avalia, pesquisa e conversa com seus possíveis representantes é o que dará o tom dessa representação. É o que nos permitirá ocupar os espaços pelo coletivo, o que fará com que nossas vozes sejam ampliadas e nossas lutas respeitadas. Não podemos achar que a política é o lugar sacro, dos deuses e nem reduzir ao lugar dos demônios. Ela é o espaço da nossa vida, do nosso pensar e das nossas decisões. Por essência o espaço coletivo.

 

*O autor é Doutorando em Ciências da Comunicação, vereador por Campo Grande. Contato: girobrasil@gmail.com

 

 

 

 
VOLTAR