Logo Site

Vereador dinâmico e inovador que prioriza trabalho transparente, com mediação e sustentabilidade. O mandato é embasado em argumentos e pareceres técnicos. Visa atender demandas coletivas da cidade de Campo Grande - MS.

CONHEÇA MAIS
Homenagem
07/05/2019
Francelmo será homenageado pela Câmara como nome de medalha ambiental
Francelmo será homenageado pela Câmara como nome de medalha ambiental

 

Por proposição do vereador Eduardo Romero (Rede), a Câmara Municipal de Campo Grande instituiu a medalha Legislativa Francisco Anselmo de Barros, que será concedida na sessão solene Ecologia e Ambientalismo, em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, este ano prevista para a primeira semana de junho.

 

Eduardo Romero destaca que Francelmo foi da primeira geração de ambientalistas de Mato Grosso do Sul, inclusive foi mobilizador da grande marcha em defesa do Pantanal na década de 80. ‘Ele não discutia questões ambientais com radicalismo. Ele estimulava novos atores sociais, inclusive sou da terceira geração de ambientalista do Estado e acompanhei de perto o trabalho dele. Se hoje temos este movimento se deve muito a história do Francelmo’, explica o vereador.

 

O proponente da medalha legislativa ressalta ainda que Francelmo dedicou sua vida, literalmente, às pautas ambientais, onde viveu os maiores embates sobre o tema no Estado. ‘Já temos esta sessão solene do dia do meio ambiente e ecologia bem consolidada que agora passa ter esta medalha para todos aqueles que defendem crescimento com responsabilidade’, destaca Eduardo Romero.

 

Francisco Anselmo de Barros, mais conhecido como Francelmo, foi um jornalista e ativista em defesa do meio ambiente. Lutou em várias frentes, especialmente contra a instalação de usinas de álcool na região do Pantanal. Em 2005, percebendo que a questão ganhava força, ao final de uma mobilização contra a instalação das usinas sucroalcooleiras ateou fogo contra o próprio corpo, em 12 de novembro de 2005, e faleceu.

 

Quem foi Francelmo

 

Era presidente da Fuconams (Fundação para Conservação da Natureza de Mato Grosso do Sul), uma das primeiras entidades de defesa do meio ambiente do país,  articulador da criação e conselheiro da A.M.E. (Associação Mato-Grossense de Ecologia), primeira entidade ambientalista do Estado de Mato Grosso, membro fundador do Conama (Conselheiro Nacional de Meio Ambiente) e do CECA (Conselho Estadual de Controle Ambiental). Francisco Anselmo de Barros era consultor na instalação da WWF Brasil, membro da Diretoria da Rede Mata Atlântica e da Rede Ambientalista Greenpeace, na campanha dos transgênicos.

 

Francelmo ocupou cargos no CMMA (Conselho Municipal de Controle Ambiental), membro da Abrajet (Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo), da ADESG (Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra), diretor executivo da Editora Saber Ltda, diretor executivo da Associação de Fomento e apoio às Artes e a Cultura em Geral.

 

Filiado ao Fórum Brasileiro de ONGs, a Associação Brasileira de ONGs e participante da Rede Rios Vivos, Rede Pantanal, Rede Aguapé de Educação Ambiental, Rede Cerrado, Instituto Socioambiental, W.W.F., Conservation International e SOS Mata Atlântica e coordenador do Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e de Fórum de Defesa do Pantanal. (com ecolnews).